Coletor Menstrual – Vantagens para sua saúde física e sexual

Você se sente confortável durante o período menstrual? Se sente capaz de fazer sexo normalmente “naqueles dias”?
Períodos menstruais muitas vezes acabam com os planos de uma noite de sexo incrível. Mesmo que você e seu parceiro já se sintam perfeitamente à vontade com relação ao sexo, a necessidade de se preocupar com a higiene íntima que antecede o sexo nesses dias  pode ser um estresse desnecessário. E, muitas mulheres acham que não sentem o mesmo prazer durante o sexo, em termos de conforto quando menstruadas. Recentemente, no entanto, as pessoas têm observado uma invenção cada vez mais popular: o coletor menstrual.
Espere, o que é o Coletor Menstrual?
O coletor menstrual é um copo flexível de silicone que é inserido no canal vaginal durante o período menstrual. Ele coleta o fluxo menstrual em vez de absorvê-lo como absorventes internos (tampões) e externos (que vão acoplados na calcinha). Embora eles tecnicamente existam desde a década de 1860, eles nunca decolaram na América devido a muita desinformação que cerca a saúde feminina. Antes de materiais como a borracha, que não era tão flexível e segura para a saúde nos anos 2000, agora ganha notoriedade ao serem comercializados em silicone de grau médico, ou seja, seguro e confortável.
Por que usar um coletor menstrual à absorventes tampões ou adaptados na calcinha ?
Um dos maiores benefícios dos coletores menstruais de silicone é que você não apenas sabe que o material com o qual é feito é seguro, mas também porque está coletando em vez de absorvê-lo, não causará ressecamento tomando toda a lubrificação natural da sua vagina. , minimizando assim a irritação.
Com o coletor você pode fazer sexo à vontade no período menstrual, sem se preocupar dele se perder dentro de você ou sair do lugar – ele se posiciona logo na saída do colo do útero e dificilmente será sentido por seu parceiro.
É apenas a absorção que é o problema?
Não exatamente. Tanto os tampões quanto os absorventes normais contêm em grande parte materiais não biodegradáveis ​​e baseados em produtos petroquímicos que podem prejudicar você e o meio ambiente, desde a produção até o descarte.
É isso mesmo – os ingredientes dos absorventes internos podem não ser tão bons para o seu corpo. Os absorventes normais e os tampões estão listados em uma categoria do FDA que não exige que eles listem seus ingredientes, incluindo as fragrâncias que são frequentemente incluídas neles. Mesmo sem cheiro, a maioria dos absorventes contém polpa de madeira moída tratada quimicamente – e esta são compostas por cerca de 90% de plástico. Os absorventes normais (de calcinha) ainda não fornece respirabilidade para o seu corpo, e podem causar infecções fúngicas, fazendo com que qualquer atividade sexual se torne dolorosa até que se descubra o problema.
É fácil mudar para coletores menstruais?
Se você é uma usuária de absorventes internos ao longo da vida, os coletores menstruais não serão uma grande mudança. Mas se você usa só absorventes de calcinha, com certeza a mudança será radical.
Tamanho
Coletores menstruais podem parecer muito maiores do que o que você está acostumada, mas, quando você está usando o coletor corretamente, nem irá sentir que está usando nada.
Como colocar
Por ser feito de um silicone fino,  macio e flexível, é muito mais confortável de usar e colocar do que você imagina. Você pode enrolá-lo pelas extremidades e fazer a inserção, ou pode descobrir rolagens diferentes até se adaptar  que mais facilita a inserção para você.
Uma vez cheio (ou dentro de 12 horas) você gentilmente puxa a haste do coletor para baixo para removê-lo. Então você simplesmente despeja o fluxo, lava com sabão neutro ou mesmo água e pode colocá-lo de volta. E se você está preocupada com possíveis escapes, ele tem uma borda mais grossa e à prova de vazamentos.
Conclusão
O ciclo de toda mulher é diferente, mas se você é uma dessas mulheres que ficam excitadas quando estão menstruadas, podemos afirmar que usando um coletor seu prazer está garantido – não causando danos à sua lubrificação, segurança ao não sair do lugar e discrição pois seu parceiro não vai sentir. Compre um e conte para nós sua experiência.

Ciclo Feminino: A diferença entre a Menopausa e o Climatério

1. O que são estes ciclos na vida da mulher?

A confusão da menopausa com climatério é muito comum. Afinal, são dois termos próximos, que se referem ao final do ciclo de vida reprodutiva da mulher, caracterizado pela baixa produção hormonal nos ovários. Mas estes dois ciclos servem para designar momentos diferentes desse processo.

2. Qual a diferença destes ciclos?

O climatério é a fase da vida em que ocorre a transição do período reprodutivo ou fértil para o não reprodutivo, devido à diminuição dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários. Nesse período, as variações hormonais ocasionam uma série de de mudanças no ciclo menstrual, fazendo com que as menstruações fiquem espaçadas. E por isso, a menopausa só é dada como fato após 12 meses sem a mulher menstruar.

A menopausa é a última menstruação da mulher – que geralmente ocorre por volta dos 50 anos, levando a mulher ao final do seu tempo reprodutivo (não se pode mais engravidar de forma natural).

Apesar de ser mais comum perto dos 50 anos, é normal que em algumas mulheres a menopausa ocorra um pouco mais cedo, aos 40. Antes disso, a menopausa é considerada precoce. E quando ela ocorre bem depois dos 50 anos, é considerada tardia.

  • Características comuns do climatério

    Amenizar os efeitos destes dois ciclos ( o climatério e a menopausa) pode ser simples, basta a adoção de algumas medidas que ajudam na reversão destes efeitos.

No período de climatério há uma diminuição na produção dos hormônios sexuais femininos, o que pode resultar em uma série de mudanças no corpo da mulher, sentidas a curto, médio e longo prazos.

A aproximação e a chegada da menopausa podem causar: calor, alteração no humor (com possíveis episódios de irritação e depressão),  tontura, dor de cabeça e baixa libido. A médio prazo, além da diminuição do desejo sexual, pode ocorrer também atrofia urogenital, com o afinamento e o ressecamento da mucosa que reveste a vagina, causando, em muitos casos, dor durante o sexo.

Também é comum adquirir doenças ligadas à osteoporose e doenças cardiovasculares.

  • Formas de amenizar os sintomas do climatério

Nos primeiros sintomas do climatério é fundamental uma consulta com um médico ginecologista. Porém  é necessário também:

– Adquirir um estilo de vida mais saudável;

– Escolher uma prática de exercícios regulares que mais se adeque à você;

– Atividades de lazer que façam bem não somente ao corpo, mas à sua cabeça também (devido às mudanças no seu corpo interferirem na sua vida);

– Consumir alimentos ricos em cálcio – que funcionam como uma espécie de reserva para minimizar a osteoporose;

– Investir (com orientação médica) em suplementos que fazem recuperar a libido – aumentando a confiança e o vigor na hora do sexo;

Os suplementos naturais para aumentar a libido feminina trazem de volta o vigor sexual para a mulher que de repente se vê confrontada com a baixa libido e quer voltar ao que era antes.

1. Suplemento Vitamínico e Mineral Feminino Libido Stim

2. Suplemento Multivitamínico e Mineral Orgastic

3. Lib Hot Mulher – Suplemento Vitamínico Mineral

– Usar lubrificante íntimo no caso de desconforto na relação sexual, facilitando a penetração e aumentando o prazer sexual.

A chegada desse ciclo é repleta de dúvidas e anseios, por isso, não deixe de procurar um médico de sua confiança, realizar exames e viver o momento de forma tranquila, sem refletir na sua identidade psicológica. Corpo e idade dependem de nosso estilo de vida e de como encaramos cada momento. Acima de tudo o que vale é passar por este ciclo bem nas relações com o próximo e consigo mesma.

Satisfyer – o mais moderno e eficaz Estimulador de Clitóris

  • O que é?

O Satisfyer é um estimulador clitoriano que age através da sucção. Sua ação direcionada ao clitóris, agindo com intensidade porém sem atrito.

A estimulação é feita através de uma pequena câmara de vácuo, impulsionada por um sistema de diafragma – que pulsa em diferentes ritmos e intensidades, se adaptando a diferentes anatomias de cada mulher e conduzindo ao orgasmo de forma rápida.

A característica principal do Satisfyer é a estimulação por ondas de pressão intensas, formigamento e pulsação. O bocal de silicone antialérgico de alta qualidade encontra-se em todos os modelos e são facilmente destacáveis, sendo de fácil higienização.

O Satisfyer fornece estimulação livre de atrito, portanto, as mulheres podem experimentar orgasmos múltiplos e intensos. São 11 estimulantes e poderosas etapas para estimular o clitóris, fazendo do Satisfyer a grande sensação do momento no mercado erótico.

O design e qualidade do Satisfyer foram premiadas em alguns dos concursos de design mais importantes do mundo, como o Good Design Selection 2017, iF Design Awards e o Red Dot Awards.
  • O modo de uso

Há vários modelos diferentes de Satisfyer, mas todos com a mesma finalidade. Você encaixa a ponta dele no clitóris – apenas com a pressão necessária para vedar a passagem de ar – e então é só ligar e se preparar para um prazer a sós que você nunca teve. Isso ocorre porque a estimulação sem contato não pára, criando uma forma de vibração cíclica, que renova o orgasmo, proporcionando orgasmos múltiplos sem nenhuma dificuldade ou desconforto. Diferente dos métodos tradicionais de estimulação, o método por sucção não produz atrito, sem deixar a vagina dolorida! O controle intuitivo de intensidade deixa você confortável na posição adequada.

Utilize lubrificantes à base de água sentir a experiência adicionalmente intensificada.

  • Como escolher o melhor modelo para mim?

Você pode escolher qual dos produtos Satisfayer você se adapta melhor.  O  que realmente diferencia os produtos da marca é a alimentação (a pilha ou recarregável),o design e o extremidade de encaixe. Uma delas é ideal para você.

  • Os produtos
  1. A pilha

    SATISFYER 1

Clique na imagem e conheça mais sobre o Satisfyer 1 Estimulador Clitoriano À Prova D Água – que possui 11 Níveis de Vibração e tamanho de 14 cm x 4,5 cm. Tem um bocal siliconado mais encorpado, utilize se gosta de movimentar mais o sextoy.

SATISFYER 2

Design elegante e com bocal menor, para um encaixe mais específico. Também é a prova d’água.

2) Recarregáveis por USB

SATISFYER PRO DELUXE

Clique na imagem e conheça mais sobre o Satisfyer Pro Deluxe 10,5 cm x 5,8 cm – com 11 Níveis de Vibração, você vai aprender a estimular o orgasmo feminino e ter vários orgasmos ininterruptamente.

A principal diferença é na pega, a forma que você leva o produto ao corpo é que muda, pelo seu design oval. Este modelo também é ainda mais discreto.

SATISFYER PRO PENGUIN

Clique na imagem e conheça mais sobre o Satisfyer Pro Penguin – com com 11 Níveis de Vibração e tamanho de 12,3 cm x 3,5 cm, ele lembra um pinguim.

Todo coberto em silicone, com uma sensação de toque aveludado e um visual divertido que se assemelha a um pinguim.

SATISFYER PRO 2

O maior sucesso entre todos, com mastro e bocal encorpados, faz o modelo mais robusto da marca.

Todos os modelos de Satisfyer são a prova d’água com bocal de silicone que pode ser retirado para melhor higienização.

  • Higienização

Facilmente higienizável, todos os modelos podem ter o bocal de silicone retirado para limpeza completa. Utilize apenas água morna e sabonete neutro para não agredir o material.

  • Aventura até embaixo d’água

Os produtos são totalmente à prova d’água e podem ser usados no chuveiro ou na banheira de hidromassagem proporcionando ainda mais prazer. Os estimuladores Satisfyer são conectados ao estilo de vida contemporâneo, onde a diversão acontece em qualquer lugar.

Totalmente impermeáveis para ainda mais intensa diversão no chuveiro ou na banheira. Ao contrário dos produtos similares no mercado, é a prova de água, discreto e silencioso quando utilizado. Também é higiênico e seguro: não entrará água, lubrificantes ou outros líquidos na câmara interior do dispositivo.

  • Avaliações positivas na mídia mundial

Avaliado pelas mais importantes revistas femininas do mundo:

Reações do Orgasmo no Corpo Feminino

Como já citamos aqui no Blog, o orgasmo feminino depende de vários fatores. Entretanto, nenhum é mais importante do que você conhecer seu próprio corpo, preferências, e, principalmente, a anatomia. Mas quais são as reações que este momento tem no nosso corpo? O que sabemos cientificamente deste momento?

Uma regra é básica e você não pode deixar de saber: é cientificamente provado, quanto mais freqüentemente você tem orgasmos, mais fácil é tê-los. Esta é uma das razões pelas quais os médicos e terapeutas sexuais recomendam que toda mulher pratique a masturbação. Afinal, os orgasmos também são bons para sua saúde geral e sistema imunológico.

Há muitas técnicas para ajudar as mulheres a ter orgasmos tais como: meditação orgásmica, doutrina tântrica, relaxamento e condicionamento muscular feito com exercícios específicos para região da vagina – que melhoram o tônus e o controle do músculo genital (pompoarismo) . Tudo isso porque você precisa de sangue fluindo para suas extremidades para chegar ao orgasmo, então o exercício é importante e provavelmente irá ajudá-la a ter orgasmos melhores.

Anatomia externa da Vagina – Conhecer a anatomia da vagina ajuda você a saber os pontos de estimulação que podem ser explorados.

Normalmente, você tem um orgasmo estimulando seu clitóris, o Ponto G e áreas arredores, bem como estimulando outras zonas erógenas em seu corpo (como seus mamilos) e contraindo seus músculos vaginais (como acontecerá naturalmente durante um orgasmo).

Outro aspecto importante de ter orgasmos é manter seus pensamentos sobre coisas que o excitam, ao contrário da sua próxima tarefa no trabalho – por exemplo. É por isso que relaxar e aprender a se concentrar no que está à mão é tão importante.

Sabendo disso, podemos te contar agora algumas coisas que você talvez não imagine sobre o orgasmo:

1. O orgasmo e a perda dos sentidos

Acredite ou não, você pode ser literalmente cegado pela luz quando você tem um orgasmo. E este fenômeno é conhecido como perda de visão monocular transitória. De acordo com um estudo publicado pelo Departamento de Oftalmologia do Hospital Glostrup – da Universidade de Copenhague, o fenômeno acontece quando “as paredes musculares se contraem em torno de um vaso sanguíneo, restringindo o fluxo de sangue”. A cegueira é temporária e completamente inofensiva,e só acontece pelo ápice de adrenalina que você tem quando sente um orgasmo.

  1. Aqui está o motivo pelo qual você pode se sentir confusa após atingir o orgasmo
Após a forte liberação de hormônios podemos ter mudanças bruscas de sensações: carência, repugnação ou alta sensibilidade.

O orgasmo é um estado de felicidade, que ocorre graças a uma gama de hormônios que se são liberados durante o vínculo e a atividade sexual. No entanto, logo após o orgasmo, esses hormônios podem cair repentinamente para níveis baixos, induzindo depressão e desejo de se afastar de seu companheiro.

Você vê esse fenômeno acontecendo com os homens quando eles adormecem logo após o sexo, pois seus níveis hormonais caem muito mais rápido do que as mulheres. Em casos mais graves, tanto homens como mulheres podem experimentar níveis extremamente baixos de certos hormônios e acabam completamente separados após o sexo.

Alguns podem até acabar deprimidos por até duas semanas, enquanto que, para outros, dura dez minutos, durante o qual eles simplesmente não querem se abraçar.

Existem muitas maneiras de estabilizar os hormônios em torno do pós-sexo e pós-orgasmo. Isso pode ser feito através dos exercícios, diminuindo o carboidrato antes do sexo, etc. Dê uma olhada no que você pode fazer para estabilizar seus níveis hormonais globais e entre em contato com um profissional de saúde se você tiver esses sintomas.

  1. Ejaculação? Não apenas para homens

Não é só os homens que ejaculam durante o sexo, as mulheres também podem ejacular. Há muitos debates sobre isso, porém, até agora, não foram feitos muitos estudos científicos sobre o assunto.

De acordo com a experiência de alguns sexólogos é sugerido que a “ejaculação feminina” seja a liberação de um fluido muito escasso, grosso e esbranquiçado da próstata feminina. Enquanto o “esguicho” ou “jorrado” (mostrado freqüentemente nos filmes pornôs) é um fenômeno diferente – trata-se da expulsão de um fluído claro e abundante, que é um líquido diluído da bexiga urinária.

Um novo estudo concluiu que, quando há esguicho, era principalmente urina, misturada com alguma matéria da próstata feminina. A ejaculação, no entanto, é uma pequena quantidade de matéria branca grossa.

Tem mais alguma coisa sobre o orgasmo que você tem dúvida? Comente com a gente!

Orgasmo feminino – o que todas as mulheres devem saber

O orgasmo é o ápice do prazer feminino. Você sabia que 20-30% das mulheres relataram que não orgasmo durante o sexo? Você é uma delas? Muitas mulheres de vinte à trinta anos, que são saudáveis ​​e capazes de obter orgasmo sozinha, não estão atingindo o orgasmo quando fazem sexo com seu parceiro.

Tirando algum problema de saúde, toda mulher é capaz de obter orgasmo em todas as relações sexuais.

1) Posso ter orgasmo sempre?

Mulheres que se tocam e que se masturbam com regularidade são mais propensas a chegar ao orgasmo com mais facilidade.

Mude tudo que te prende a pensamentos preconceituosos ou moralistas sobre sexo. Aqui estão algumas atitudes para abraçar imediatamente:

  • Acredite na frase: Eu deveria orgasmo toda vez

Pense que você conhece seu corpo melhor que ninguém. Então primeiro se conheça. Se toque. Se masturbe. Assim, você aprenderá como prolongar seu orgasmo, sobre os diferentes tipos de orgasmo que o corpo proporciona, e, após conhecer esse caminho sozinha, você saberá levar seu parceiro ao melhor caminho de te dar prazer.

  • Seu prazer deve ser importante para seu parceiro

Seja por penetração, com brinquedos eróticos, com sexo oral ou suas mãos, seu parceiro deve te proporcionar prazer e saber a melhor forma de te fazer chegar lá. Se o seu parceiro não se preocupa se você tem orgasmo, não lhe pergunta o que funciona ou não tem interesse de viver esta experiência sempre com você é provável que você realmente tenha poucos orgasmos ou nem tenha orgasmo com ele. Nunca aceite menos do que você dá – isso inclui todo tipo de relacionamento – especialmente o sexual.

2) Técnicas para ter orgasmo sempre

A prática das preliminares ajuda o casal tanto na intimidade, como no conhecimento corporal de cada um.

Há muitas maneiras pelas quais as mulheres podem atingir o clímax, então não se limite a pensar que você chega ao orgasmo apenas com  brinquedos ou  com penetração. Os orgasmos podem ser muito diferentes dependendo do tipo de estimulação sexual fornecida, então, aproveite a experiência e a aprendizagem dos modos e tipos de orgasmos que você é capaz de ter – sozinha ou com alguém.

  • Preliminar – nunca passe direto

Não é um mito: quanto mais “aquecido” você estiver, mais provável será de chegar ao orgasmo. A chave é saber que tipo de preliminares funciona para você. Tire um tempo durante a brincadeira individual” para descobrir os lugares que enviam um sinal de prazer imediato ao seu cérebro.

Peça a seu parceiro diminuir a velocidade na próxima vez e deixe que ele explore seu corpo levemente, com apenas as pontas dos dedos, para encontrar esses pontos.

  • Regiões inexploradas

Ensine seu parceiro a ousar. Direcione suas mãos na região dos seios e quadris (incluindo ventre, coxas e nádegas). São áreas femininas com intensa capacidade de orgasmo epitelial – que se exploradas com afinco e dedicação. Neste caso estimula-se com mãos, dedos e com a língua.

  • Diga-lhe o que funciona

Quando seu parceiro fizer algo que te faça sentir muito prazer – demonstre. Mantenha a mão dele no local ou diga algo simples como “Assim, Isso ou Não Pare” ou tente gemer tão gostoso que ele perceba o quanto está agradando, afinal sem isso, como ele saberá se está no caminho certo?

  • Peça um bom sexo oral

Primeiro segredo? Dizer a coisa certa no ouvido de um homem é válvula suficiente para ele ficar muito entusiasmado e fazer a coisa ficar quente. Ouse e peça sem nenhuma vergonha que ele faça sexo oral em você. Mas não qualquer sexo oral, mas o melhor! Comece direcionando-o à ponta do seu clitóris de um lado para o outro suavemente e repetidamente, e depois ir aumentando a pressão.

Não há por que ter vergonha de conhecer seus pontos mais íntimos. O orgasmo também é uma questão de auto-conhecimento que temos com nosso corpo. Seja com acessórios ou com a mão, se tocar é essencial.

Se você quer um orgasmo muito intenso, peça que enfie o dedo em sua vagina enquanto ele faz sexo oral.

  • Pratique também seu prazer sozinha

Com um vibrador de sua preferência procure ter prazer não somente com o aparelho dentro de você. Massageie toda a região da vagina e principalmente seu clitóris. Os vibradores, até mesmo os mais simples, são capazes de fornecer à mulher orgasmos intensos.

  • Primeiro as Damas

Por serem muito visuais os homens obtêm orgasmo – muitas vezes – muito mais rápido que a mulher. Por isso, o casal deve adquirir o hábito das preliminares, assim vão aprender a lidar com as limitações de prazer um do outro e vão saber corresponder ao prazer do outro – caso não cheguem lá ao mesmo tempo.

As mulheres geralmente ainda se sentem “calmas” após um orgasmo, então este é um ótimo momento para você dedicar tempo e atenção para o corpo dele e para suas necessidades.

No final do dia, quanto mais tempo de prática você tiver, tanto sozinha quanto com seu parceiro, e quanto mais orgasmos você tiver, mais você aprenderá sobre o que funciona no seu corpo e como aumentar a quantidade de seus orgasmos.

O que funciona para você? Qual destas técnicas você está mais animada para tentar? Experimente e comente sua experiência conosco.