Como potencializar o prazer feminino com o Vibrador – 8 dicas quentes

Muitas mulheres já sabem das maravilhas que um vibrador pode nos proporcionar na questão do orgasmo e do prazer, mas pouco se sabe do que é real ou mito – visto que nós brasileiras ainda temos certos pudores quanto à seu uso. Ao contrário das americanas, que desmistificam essa “relação” com os vibradores à muito tempo.

Muitas de nós, ainda achamos que vibradores são para mulheres solteiras e sem parceiro sexual. Ou para mulheres mal resolvidas sexualmente. Quando muito pelo contrário!  O uso do vibrador estimula pontos que muitos homens não sabe chegar, desconhecem ou nunca chegarão. Devido a gama de tamanhos e formatos, os vibradores provocam orgasmos poderosos quando usados corretamente. Se você é uma mulher que quer proporcionar-se prazer e já adquiriu um vibrador mas não sabe como usar adequadamente, listamos dicas preciosas para te ajudar a usar seu Sex Toy e ter uma “relação” melhor com ele.

Dica 01

Muitas mulheres acham que o vibrador é frio e se intimidam já no primeiro contato. Então antes de começar a usar o vibrador, certifique-se se está numa temperatura agradável para você encostar no seu corpo – estando ele quente o suficiente começar as carícias. Existem alguns modos que você pode deixar seu vibrador sempre em temperatura agradável como: colocar o aparelho em um pedaço de roupa/tecido limpo e guardar em um lugar quente (como embaixo do travesseiro ou dentro de um edredom).

Dica 02

Você deve ir um pouco além na imaginação. Estimular-se sexualmente antes de colocar o vibrador nas regiões íntimas é fundamental para começar a brincadeira. Estimule seu corpo antes de usar o vibrador – com as mãos, com os dedos. Se você ainda não estiver no clima de começar com o vibrador, ou sua imaginação não estiver te levando além, coloque um filme excitante ou pornô.

Se você deseja por em prática essas dicas, experimente o Vibrador/Massageador Slim T2 – ele é composto por uma combinação de texturas no revestimento que permite variações de sensação surpreendentes Clique na imagem e saiba mais.

Dica 03

Deixe vir sua excitação, deite-se em um local confortável, e então ligue seu vibrador e comece as carícias em diferentes partes do corpo, não somente na vagina – toque seus seios, coxas, dentre outras partes que só você pode experimentar que lhe proporcione prazer. Ao fazer esta experiência, irá conhecer as mais diversas intensidades de vibração do seu Sex Toy.

Dica 04

Agora é o momento de colocar o vibrador em contato com a parte externa da vagina. Inicie com o movimento de baixo para cima, começando pelas vibrações suaves.

Dica 05

Agora explore a região do clitóris com o vibrador, alterne a velocidade e a pressão para ter mais prazer. A forma mais fácil de chegar ao orgasmo com um vibrador é pressionando o clitóris. Os orgasmos clitorianos são intensos pois provocam uma sensação diferente do orgasmo vaginal.

Dica 06

Introduza o vibrador na vagina. Faça isso lentamente, e isso permitirá que seu corpo se acostume com as vibrações do brinquedo. Faça movimentos para dentro e para fora, assim como se faz em um relação sexual tradicional.

Dica 07

Ao se sentir chegar perto de ter um orgasmo, tire o vibrador da vagina e passe no clitóris. A sensação de prazer é mais intensa. Mas faça isso se você aguentar, pois pode não dar tempo.

Dica 08

Assim que chegar ao orgasmo e terminar, higienize seu vibrador com sabão neutro na superfície externa ou com limpadores especiais para acessórios eróticos – que é o mais indicado.

Aprenda a ter autonomia no seu prazer. Experimente várias sensações ao usar um vibrador. Faça desse hábito uma experiência agradável. Muitas mulheres relatam que tiveram melhores orgasmos com seus vibradores do que com muitos parceiros sexuais.

Conheça seu vibrador! O uso de modo correto fará toda diferença.

Orgasmo feminino – o que todas as mulheres devem saber

O orgasmo é o ápice do prazer feminino. Você sabia que 20-30% das mulheres relataram que não orgasmo durante o sexo? Você é uma delas? Muitas mulheres de vinte à trinta anos, que são saudáveis ​​e capazes de obter orgasmo sozinha, não estão atingindo o orgasmo quando fazem sexo com seu parceiro.

Tirando algum problema de saúde, toda mulher é capaz de obter orgasmo em todas as relações sexuais.

1) Posso ter orgasmo sempre?

Mulheres que se tocam e que se masturbam com regularidade são mais propensas a chegar ao orgasmo com mais facilidade.

Mude tudo que te prende a pensamentos preconceituosos ou moralistas sobre sexo. Aqui estão algumas atitudes para abraçar imediatamente:

  • Acredite na frase: Eu deveria orgasmo toda vez

Pense que você conhece seu corpo melhor que ninguém. Então primeiro se conheça. Se toque. Se masturbe. Assim, você aprenderá como prolongar seu orgasmo, sobre os diferentes tipos de orgasmo que o corpo proporciona, e, após conhecer esse caminho sozinha, você saberá levar seu parceiro ao melhor caminho de te dar prazer.

  • Seu prazer deve ser importante para seu parceiro

Seja por penetração, com brinquedos eróticos, com sexo oral ou suas mãos, seu parceiro deve te proporcionar prazer e saber a melhor forma de te fazer chegar lá. Se o seu parceiro não se preocupa se você tem orgasmo, não lhe pergunta o que funciona ou não tem interesse de viver esta experiência sempre com você é provável que você realmente tenha poucos orgasmos ou nem tenha orgasmo com ele. Nunca aceite menos do que você dá – isso inclui todo tipo de relacionamento – especialmente o sexual.

2) Técnicas para ter orgasmo sempre

A prática das preliminares ajuda o casal tanto na intimidade, como no conhecimento corporal de cada um.

Há muitas maneiras pelas quais as mulheres podem atingir o clímax, então não se limite a pensar que você chega ao orgasmo apenas com  brinquedos ou  com penetração. Os orgasmos podem ser muito diferentes dependendo do tipo de estimulação sexual fornecida, então, aproveite a experiência e a aprendizagem dos modos e tipos de orgasmos que você é capaz de ter – sozinha ou com alguém.

  • Preliminar – nunca passe direto

Não é um mito: quanto mais “aquecido” você estiver, mais provável será de chegar ao orgasmo. A chave é saber que tipo de preliminares funciona para você. Tire um tempo durante a brincadeira individual” para descobrir os lugares que enviam um sinal de prazer imediato ao seu cérebro.

Peça a seu parceiro diminuir a velocidade na próxima vez e deixe que ele explore seu corpo levemente, com apenas as pontas dos dedos, para encontrar esses pontos.

  • Regiões inexploradas

Ensine seu parceiro a ousar. Direcione suas mãos na região dos seios e quadris (incluindo ventre, coxas e nádegas). São áreas femininas com intensa capacidade de orgasmo epitelial – que se exploradas com afinco e dedicação. Neste caso estimula-se com mãos, dedos e com a língua.

  • Diga-lhe o que funciona

Quando seu parceiro fizer algo que te faça sentir muito prazer – demonstre. Mantenha a mão dele no local ou diga algo simples como “Assim, Isso ou Não Pare” ou tente gemer tão gostoso que ele perceba o quanto está agradando, afinal sem isso, como ele saberá se está no caminho certo?

  • Peça um bom sexo oral

Primeiro segredo? Dizer a coisa certa no ouvido de um homem é válvula suficiente para ele ficar muito entusiasmado e fazer a coisa ficar quente. Ouse e peça sem nenhuma vergonha que ele faça sexo oral em você. Mas não qualquer sexo oral, mas o melhor! Comece direcionando-o à ponta do seu clitóris de um lado para o outro suavemente e repetidamente, e depois ir aumentando a pressão.

Não há por que ter vergonha de conhecer seus pontos mais íntimos. O orgasmo também é uma questão de auto-conhecimento que temos com nosso corpo. Seja com acessórios ou com a mão, se tocar é essencial.

Se você quer um orgasmo muito intenso, peça que enfie o dedo em sua vagina enquanto ele faz sexo oral.

  • Pratique também seu prazer sozinha

Com um vibrador de sua preferência procure ter prazer não somente com o aparelho dentro de você. Massageie toda a região da vagina e principalmente seu clitóris. Os vibradores, até mesmo os mais simples, são capazes de fornecer à mulher orgasmos intensos.

  • Primeiro as Damas

Por serem muito visuais os homens obtêm orgasmo – muitas vezes – muito mais rápido que a mulher. Por isso, o casal deve adquirir o hábito das preliminares, assim vão aprender a lidar com as limitações de prazer um do outro e vão saber corresponder ao prazer do outro – caso não cheguem lá ao mesmo tempo.

As mulheres geralmente ainda se sentem “calmas” após um orgasmo, então este é um ótimo momento para você dedicar tempo e atenção para o corpo dele e para suas necessidades.

No final do dia, quanto mais tempo de prática você tiver, tanto sozinha quanto com seu parceiro, e quanto mais orgasmos você tiver, mais você aprenderá sobre o que funciona no seu corpo e como aumentar a quantidade de seus orgasmos.

O que funciona para você? Qual destas técnicas você está mais animada para tentar? Experimente e comente sua experiência conosco.

Qual é a diferença entre lubrificantes íntimos?

Após muitas postagens falando sobre o prazer, já não é mais novidade dizer que penetração fica ainda mais gostosa com uma extrema lubrificação. A parceira chega a deixar o parceiro enlouquecido quando proporciona a sensação “molhadinha”.

A verdade é que os lubrificantes íntimos  melhoram a relação sexual. Em diferentes versões – com sabor, aromáticos e até com efeitos térmicos eles ajudam os genitais a deslizarem melhor na região íntima. suas diversas funcionalidades servem até para massagem corporal.

Há grandes diferenças entre os lubrificantes, não somente na variedade de marcas, alterando entre um e outro a viscosidade, efeitos depois do uso e o elemento principal da sua composição que são 3 tipos: a base de água, silicone e óleo. Todo lubrificante tem seu papel ideal em cada momento.

Tire suas dúvidas sobre qual adquirir aqui em nosso blog!

Gel Deslize – Lubrificante Siliconado 40g

Estes têm como principal ingrediente o silicone, toque aveludado, sem ser pegajoso e nem grudento. Dura muito tempo pois não é absorvido rapidamente pelo corpo. Use apenas um pouco de lubrificante de silicone e ele durará muito tempo. O lubrificante siliconizado é o único que mantém o efeito mesmo debaixo d’água.

Características:

  • São à prova de água;
  • Ideais para o sexo em ambientes molhados (piscina, banheira e chuveiro);
  • Não reagem com o látex;
  • Fórmulas concentradas (que conservam as propriedades lubrificantes por mais tempo do que os similares a base de água);
  • Não são absorvidos pelo corpo;
  • Para remoção da pele é necessária a limpeza com água e muito sabão;
  • Não recomenda-se o uso junto com brinquedos eróticos de silicone – visto  que estraga a superfície de silicone do brinquedo erótico (geralmente o vibrador).

 

Gel Lubrificante Hot Aqua Gel 40g

É o lubrificante mais popular e mais vendido no Brasil. Composto de água deionizada, glicerina, propilenoglicol e conservantes não tóxicos, são considerados os mais seguros para usar com camisinha (não reage com o látex do preservativo, nem com outros mecanismos de controle de natalidade tipo barreira).  São hipoalergênicos, ou seja, não provocam reações alérgicas nem predispõem a infecções.

Eles não mancham tecidos e são de fácil remoção. Possuem versões com e sem sabor. São menos consistentes do que os outros lubrificantes íntimos, e por isso rapidamente absorvidos durante o sexo. Isso é bom, mas diferente dos lubrificantes de silicone, caso ele comece a secar e grudar, o segredo é molhar com água ou saliva para que a lubrificação volte e dure por mais tempo.

Pontos positivos:

  • Preço baixo;
  • Facilidade de compra (encontra-se em diversos pontos de venda),
  • Compatível com qualquer produto erótico
  • Não mancham roupas
  • São hipoalergênicos (não causam alergias).

Recomendação:

  • Passe toda vez que sentir a região ressecando;
  • Não é à prova d’água, ou seja, se pretende brincar no chuveiro com ele, escolha um lubrificante de silicone.

 

Lubrificante Excitante Comestível Heat and Chill Sabor Algodão Doce 40ml – Linha Vem Transar

Os lubrificantes com sabor e/ou térmicos proporcionam novas e diferentes opções de satisfação sexual. Além de acrescentar aprazíveis aromas ao momento íntimo de vocês, os lubrificantes com sabor permitem maior salivação e disfarçam o cheiro e o gosto característico dos órgãos sexuais.

Já os produtos térmicos com efeito quente ajudam a sensibilizar as áreas íntimas e aumentam a sensação de prazer. E os lubrificantes de efeito quente/frio geram um agradável formigamento que estimula os sentidos.

Pontos positivos:

  • Sensações excêntricas que sua fórmula proporciona;
  • São fáceis de aplicar;
  • Podem ser usados nas preliminares, no sexo oral e também na utilização de acessórios eróticos;
  • Alguns servem para massagens sensuais nas partes íntimas, proporcionando aquecimento intenso no local massageado.

 

Entendeu as diferenças? Gosta de incorporar o lubrificante em suas relações sexuais? Conte-nos sua experiência.